Igreja no Brasil e no mundo se prepara para importantes eventos em 2022

photo

A Igreja no Brasil e no mundo se prepara para viver importantes eventos e acontecimentos em 2022. O X Encontro Mundial das Famílias, o Ano Jubilar Missionário, a continuidade da fase diocesana do Sínodo 2023 e a beatificação do Papa João Paulo I são alguns dos muitos compromissos previstos para o próximo ano. O Mês Vocacional e a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos são alguns eventos previstos no calendário anual e que já estão sendo pensados e coordenados.

Encontro Mundial das Famílias

No final de setembro deste ano, o Vaticano apresentou que o X Encontro Mundial das Famílias. Ele acontecerá em Roma de 22 a 26 de junho. Com o tema “O amor familiar: vocação e caminho de santidade”, o maior evento que reúne famílias católicas de todo o mundo já tem hino. De acordo com o prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida – órgão vaticano responsável pela organização do evento, Cardeal Kevin Farrell, o encontro não deve ser apenas um em Roma. Todas as dioceses do mundo são convidadas a organizar eventos envolvendo as famílias. Sobre o evento em Roma, o Congresso Pastoral e o Festival das Famílias serão realizados na Sala Paulo VI. Poderão participar cerca de dois mil delegados (entre eles muitas famílias) que serão convidados diretamente pelas Conferências episcopais e responsáveis das associações familiares e movimentos eclesiais. O número de participantes por conferência episcopal será proporcional à sua própria dimensão. Também para os movimentos e associações haverá um número pré-estabelecido de delegados.

Ano Jubliar Missionário

Em novembro deste ano, as Pontifícias Obras Missionárias apresentaram em uma live a proposta do Ano Jubilar Missionário. A identidade visual já foi apresentada, assim como o tema: “A Igreja em estado permanente de missão”. O lema, escolhido pelo Papa Francisco como mensagem do Dia Mundial da Missões de 2022, é: “Sereis minhas testemunhas” (At 1,8). O Ano Jubilar Missionário marcará várias celebrações na dimensão missionária da Igreja. No âmbito nacional, os motivos jubilares são os 50 anos: de criação do Conselho Missionário Nacional (COMINA); das Campanhas Missionárias; dos Projetos Igrejas Irmãs; do Conselho Missionário Indigenista (CIMI) e do Documento de Santarém. Também serão celebrados os 60 anos do Centro Cultural Missionário (CCM) e os 70 anos da criação da CNBB. No âmbito internacional, serão celebrados os 400 anos de criação da Congregação para Evangelização dos Povos; 200 anos do nascimento da Pontifícia Obra da Propagação da Fé (POPF), fundada em 1822 pela venerável Pauline Jaricot; 100 anos do motu próprio Romanorum Pontificum do Papa Pio XI, com o qual, em 1922, designou as Obras Missionárias como Pontifícias; e 150 anos do nascimento do beato Paolo Manna, PIME, fundador da Pontifícia União Missionária.

Fase diocesana do Sínodo 2023

A Igreja vive a fase diocesana do Sínodo 2023. O período é uma oportunidade de escuta e diálogo com o povo de Deus. O período será concluído em agosto de 2022. Esta é a primeira vez que o Sínodo dos Bispos acontece de forma descentralizada, nas dioceses do mundo todo. O caminho sinodal durará três anos e será articulado em três fases: diocesana (vivida atualmente), continental e universal. O tema da XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos é: “Para uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”. A abertura deste percurso do Sínodo aconteceu tanto no Vaticano, quanto nas dioceses, em outubro deste ano.

Beatificação do Papa João Paulo I

Na última sexta-feira, 24, foi anunciada a data em que João Paulo I será elevado às honras dos altares: 4 de setembro de 2022. No primeiro domingo depois do verão, o Papa Francisco proclamará o pontífice veneziano nascido Albino Luciani, como beato João Paulo I. A data foi oficialmente divulgada pela Congregação para as Causas dos Santos, cerca de dois meses após a promulgação do decreto, em 13 de outubro de 2021. Na ocasião, foi reconhecida a cura milagrosa atribuída à intercessão do futuro beato.

Mês Vocacional

O Mês Vocacional 2022 já tem tema e lema: “Cristo Vive! Somos suas testemunhas” e “Eu vi o Senhor!” (Jo 20,18). Cartaz foi divulgado no início deste mês por meio das redes sociais do Serviço de Animação Vocacional/Pastoral Vocacional Nacional. Proposta do Mês vocacional 2022 é anunciar a verdade de que Cristo vive. Tema do próximo ano quer ajudar toda a Igreja do Brasil a testemunhar o centro da fé cristã.

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

Celebrada anualmente, a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2022 já tem subsídio. Material foi divulgado pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos e elaborado pelo Conselho das Igrejas do Oriente Médio. O tema é: “Vimos sua estrela no Oriente e viemos prestar-lhe homenagem” (Mt 2,2). No hemisfério Norte, celebra-se tradicionalmente de 18 a 25 de janeiro. Já no Hemisfério Sul – onde o Brasil está localizado, a Semana é lembrada durante o período de Pentecostes, que também é um momento simbólico para a unidade da Igreja. A sugestão foi do movimento Fé e Ordem, em 1926.

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

short